Rodas de conversa no MCI abordam música, história e alimentação sob a perspectiva indígena

16 de setembro de 2022

Nos encontros, indígenas Guarani irão explicar o significado do milho e da erva mate para cultura guarani, além de elucidar a importância da canção dentro de rituais e promover rodas de cantos e contação de histórias

São Paulo, setembro de 2022 – Música e alimentação serão temas nas próximas rodas de conversa em setembro no Museu das Culturas Indígenas (MCI), instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela ACAM Portinari (Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari) em parceria com o Instituto Maracá e o Conselho Indígena Aty Mirim.

Rodas de cantos e contação de histórias do povo Noke Koî vão embalar os visitantes do MCI amanhã (17/09), das 15h às 17h. Nesse encontro, Pina Varînawa, Memy Kamãnawa e Vana Varînawa vão compartilhar as canções, as narrativas e os saberes ancestrais de seu povo, originário do Acre.

Em 18/09 (domingo), às 15h, o museu vai sediar a roda de conversa “Terra e Temporalidades – O Significado do Milho e da Erva Mate na Cosmologia Guarani”. Nesse encontro, os Mestres de Saberes Sônia Ara Mirim e Natalício Karai serão mediadores da conversa que contará com a participação de Irene Jaxuka Mirim, Márcio Vera Mirim e Xamõi Izaque. O encontro promoverá o diálogo com visitantes e interessados sobre o cultivo dos alimentos e a relação com o tempo a partir do calendário Guarani.

Já em 29/09 (quinta-feira), às 17h, o espaço cultural vai receber uma roda de conversa sobre o “Significado da Música na Casa de Reza (Opy)”. Conduzido pelo Mestre dos Saberes Natalício Karai, o encontro busca elucidar a importância da canção dentro dos rituais realizados na Opy, nome dado pelos Guarani à Casa de Reza – espaço de aprendizagem do nhandereko, o sistema de regras e cultura do povo indígena. Para o evento, também estão previstas apresentações musicais.

Todos os eventos são gratuitos e abertos ao público geral, mas para a “Roda de Conversa: o Significado da Música na Casa de Reza (Opy)”, em 29/09, é necessário fazer inscrição prévia pelo e-mail contato@museudasculturasindigenas.org.br. Para saber mais sobre as exposições e os eventos no Museu das Culturas Indígenas, confira a programação completa no site oficial: https://museudasculturasindigenas.org.br/

Sobre o MCI

O Museu das Culturas Indígenas (MCI) é uma instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo gerida pela ACAM Portinari (Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari) – Organização Social de Cultura – em parceria com o Instituto Maracá, associação sem fins lucrativos que tem como finalidade a proteção, difusão e valorização do patrimônio cultural indígena. O MCI apresenta uma proposta inovadora de gestão compartilhada a ser construída ao longo da experiência, com o fortalecimento do protagonismo indígena. É em espaço de diálogo intercultural, pluralidade, encontros entre povos indígenas e não-indígenas, onde a memória da ancestralidade permitirá aos diversos povos originários compartilharem suas mensagens, ideias, saberes, conhecimentos, filosofias, músicas, artes e histórias. Uma conquista dos povos indígenas, ainda em processo de construção, neste território na cidade, aberto para que o público entre em contato com sua própria história, e com outras histórias do Brasil.

SERVIÇO

Roda de cantos e histórias Noke Koî
Data: sábado (17/09)
Horário: das 15h às 17h
Entrada: Gratuita

Roda de Conversa: Terra e Temporalidades – O Significado do Milho e da Erva Mate na Cosmologia Guarani
Data: domingo (18/09)
Horário: às 15h
Entrada: Gratuita

Roda de Conversa: o Significado da Música na Casa de Reza (Opy)
Data: quinta-feira (29/09)
Horário: às 17h
Entrada: Gratuita, mediante inscrição prévia no e-mail contato@museudasculturasindigenas.org.br

Museu das Culturas Indígenas
Funcionamento: De terça a domingo, das 9h às 18h; às quintas-feiras até às 20h; fechado às segundas-feiras (exceto feriados)
Ingressos:  R$15,00 (inteiro) e R$7,50 (meia entrada); gratuito às quintas-feiras
Agendamentos: https://bileto.sympla.com.br/event/74784/d/149212.
Local: Museu das Culturas Indígenas (R. Dona Germaine Burchard, 451 – Água Branca, São Paulo/SP)
Informações: (11) 3873-1541
Site: www.museudasculturasindigenas.org.br

Redes Sociais:
Instagram (instagram.com/museudasculturasindigenas)
Facebook (facebook.com/museudasculturasindigenas)
Twitter (twitter.com/mcindigenas)
YouTube (youtube.com/channel/UCYgc3AXP0-UfQye5pgbVloQ)
Tik Tok ( https://www.tiktok.com/@museuculturasindigenas )

A meia-entrada é destinada para:

Estudantes; Jovens de baixa renda, com idade de 15 a 29 anos, mediante apresentação do ID Jovem; Pessoas com idade a partir de 60 anos; Aposentados; Pessoas com deficiência (meia-entrada estendida a 1 acompanhante).

Indígena tem entrada livre. Link para a política de gratuidade: https://bileto.sympla.com.br/event/74784/d/157866/s/1050425?gclid=Cj0KCQjwvZCZBhCiARIsAPXbajvZlsmKh20LAI8Tjm8RxdazocxrOCA7Wk6SV-VN0BTsc6tDTk8di7AaAhLaEALw_wcB

IMPRENSA

SECRETARIA DE CULTURA E ECONOMIA CRIATIVA DO ESTADO

Assessoria de Imprensa
(11) 3339-8116 / (11) 3339-8162
(11) 98849-5303 (plantão)
imprensaculturasp@sp.gov.br

AGÊNCIA GALO

Assessoria de Imprensa – ACAM Portinari
www.agenciagalo.com
contato@agenciagalo.com

Tales Rocha
(11) 98870-1089
tales.rocha@agenciagalo.com

Mariana Nepomuceno
(11) 97152-4834
mariana.nepomuceno@agenciagalo.com

Thiago Reboucas
(11) 98562-3094
thiago.reboucas@agenciagalo.com